Pneu Levorin ou Pirelli: Qual o Melhor para o Seu Veículo?

Continua após a publicidade..

Pneu Levorin ou Pirelli? qual é o melhor? qual dura mais? qual devo comprar? eis as perguntas que não querem calar, mas aqui você encontra esta e muitas outras respostas.

Os pneus são componentes essenciais para o bom funcionamento e a segurança de qualquer veículo. Eles são responsáveis por garantir a aderência, a estabilidade, a frenagem e a dirigibilidade do carro, da moto ou da bicicleta. Por isso, na hora de escolher um pneu novo, é preciso levar em conta vários fatores, como o tipo de veículo, o uso que se faz dele, as condições do terreno e do clima e o orçamento disponível.

Neste artigo, vamos comparar duas marcas de pneus bastante conhecidas e populares no mercado brasileiro: a Pirelli e a Levorin. Ambas têm uma longa história e uma ampla variedade de produtos para atender às diferentes necessidades dos consumidores.

Mas qual delas oferece o melhor pneu para o seu veículo? Qual delas tem o melhor custo-benefício? Qual delas tem a melhor reputação entre os usuários?

Conteúdo deste artigo

Separamos as melhores ofertas para você economizar

seres-5---loja-br-3

Pneu Pirelli Sport Demon

Avaliações 4.8 ⭐⭐⭐⭐⭐

  • Frete Grátis
  • Envio FULL
  • Entrega Prime

Encontramos os melhores preços nas melhores lojas.

Continua após a publicidade..
seres-5---loja-br-3

Pneu Levorin Matrix

Avaliações 4.9 ⭐⭐⭐⭐⭐

  • Frete Grátis
  • Envio FULL
  • Entrega Prime

Encontramos os melhores preços nas melhores lojas.

Ao final deste artigo, você terá mais informações para fazer uma escolha consciente e acertada na hora de comprar um pneu novo para o seu veículo. Vamos lá?

Continua após a publicidade..

A História e o Perfil das Duas Marcas

Antes de entrarmos nos detalhes técnicos dos pneus da Pirelli e da Levorin, vamos conhecer um pouco mais sobre a história e o perfil dessas duas marcas.

Pirelli

Pneu Levorin ou Pirelli

A Pirelli é uma empresa italiana fundada em 1872 por Giovanni Battista Pirelli em Milão. Inicialmente, ela produzia borracha para diversos fins industriais, mas logo se especializou na fabricação de pneus para bicicletas, motos e carros. Ao longo dos anos, a Pirelli se expandiu pelo mundo e se tornou uma das maiores e mais renomadas fabricantes de pneus do mercado.

A Pirelli é reconhecida pela sua inovação tecnológica, pela sua qualidade superior e pelo seu alto desempenho. Ela é fornecedora oficial de pneus para diversas competições automobilísticas, como a Fórmula 1, a MotoGP, o Rally Dakar e o Campeonato Mundial de Superbike. Além disso, ela é parceira de várias montadoras de prestígio, como Ferrari, Lamborghini, Maserati, Porsche e BMW.

Continua após a publicidade..

A Pirelli está presente no Brasil desde 1929, quando inaugurou sua primeira fábrica em Santo André (SP). Hoje em dia, ela possui cinco unidades produtivas no país (em Santo André, Campinas, Feira de Santana, Gravataí e Sumaré) e emprega cerca de 13 mil pessoas. Ela oferece uma ampla gama de pneus para carros de passeio, SUVs, caminhonetes, motos e até carros de corrida.

Levorin

levorin

A Levorin é uma empresa brasileira fundada em 1943 por José Levorin em São Paulo. Ela começou como uma pequena fábrica de câmaras de ar para bicicletas e motos, mas logo passou a produzir também pneus para esses veículos. Em 1972, ela inaugurou sua segunda fábrica em Guarulhos (SP) e ampliou sua capacidade produtiva e seu portfólio de produtos.

A Levorin é líder no mercado nacional de pneus para bicicletas e motos, com uma participação de cerca de 40%. Ela também fabrica pneus para carros de passeio, SUVs e caminhonetes, mas com uma participação menor. Ela é fornecedora de pneus para diversas montadoras nacionais, como Honda, Yamaha, Suzuki e Caloi.

A Levorin se destaca pelo seu custo-benefício, pela sua qualidade e pela sua tradição. Ela investe constantemente em pesquisa e desenvolvimento para oferecer pneus que atendam às necessidades dos consumidores brasileiros. Ela possui um laboratório próprio que realiza testes rigorosos de segurança, desempenho e durabilidade dos seus produtos.

Continua após a publicidade..

A Levorin emprega cerca de 3 mil pessoas e possui duas unidades produtivas no Brasil (em Guarulhos e em Manaus). Ela também exporta seus pneus para mais de 40 países da América Latina, da África e da Ásia. Ela possui certificações de qualidade como a ISO 9001 e a ISO 14001.

Como Ler o Código dos Pneus e o Que Cada Número Significa

codigos de pneus

Agora que você já conhece um pouco mais sobre as duas marcas de pneus que vamos comparar neste artigo, vamos aprender como ler o código dos pneus e o que cada número significa.

Esse código é uma sequência alfanumérica que está impressa na lateral do pneu e que indica as suas principais características e especificações técnicas.

O código dos pneus segue um padrão internacional definido pela Organização Internacional de Normalização (ISO) e pela Associação Europeia dos Fabricantes de Pneus e Rodas (ETRTO).

Ele pode variar um pouco dependendo do tipo de veículo, mas geralmente é composto por sete elementos principais: a largura, a altura, o tipo de construção, o diâmetro, o índice de carga, o símbolo de velocidade e a marcação M+S.

Vamos ver um exemplo de código de pneu para carros de passeio: 205/55 R16 91V

  • O primeiro número (205) indica a largura do pneu em milímetros. Quanto maior for esse número, maior será a área de contato do pneu com o solo e maior será a aderência e a estabilidade do veículo. Porém, pneus mais largos também tendem a consumir mais combustível e a gerar mais ruído.
  • O segundo número (55) indica a altura do pneu em relação à largura, expressa em porcentagem. Esse número também é chamado de perfil ou série do pneu. Quanto menor for esse número, menor será a altura do pneu e maior será a rigidez da sua estrutura. Isso pode melhorar o desempenho do veículo em curvas e em altas velocidades, mas também pode reduzir o conforto e a absorção de impactos.
  • A letra R indica o tipo de construção do pneu. Neste caso, R significa radial, que é o tipo mais comum e moderno de construção. Ele consiste em camadas de lonas dispostas radialmente em relação ao centro do pneu. Isso confere ao pneu mais flexibilidade, resistência e durabilidade. Outro tipo possível é o diagonal ou convencional (D), que consiste em camadas de lonas dispostas diagonalmente em relação ao centro do pneu. Esse tipo é menos usado atualmente por ser menos eficiente.
  • O terceiro número (16) indica o diâmetro interno do pneu em polegadas. Esse número também corresponde ao diâmetro da roda ou do aro onde o pneu deve ser montado. É importante respeitar esse número para garantir a compatibilidade entre o pneu e a roda e evitar problemas de segurança e de desempenho.
  • O quarto número (91) indica o índice de carga do pneu. Esse número representa a capacidade máxima de carga que o pneu pode suportar quando está inflado corretamente. Quanto maior for esse número, maior será a resistência do pneu. Esse número deve ser consultado em uma tabela que relaciona o índice de carga com o peso em quilogramas. Por exemplo, um índice de carga 91 corresponde a uma carga de 615 kg por pneu.
  • A letra V indica o símbolo de velocidade do pneu. Essa letra representa a velocidade máxima que o pneu pode atingir sem comprometer a sua segurança e a sua integridade. Quanto mais avançada for a letra no alfabeto, maior será a velocidade do pneu. Essa letra também deve ser consultada em uma tabela que relaciona o símbolo de velocidade com a velocidade em quilômetros por hora. Por exemplo, um símbolo de velocidade V corresponde a uma velocidade de 240 km/h.
  • A marcação M+S significa mud and snow, ou seja, lama e neve. Essa marcação indica que o pneu é adequado para rodar em condições adversas de terreno e de clima, como lama, neve, gelo e chuva. Esses pneus têm uma banda de rodagem mais larga e profunda, com sulcos e blocos que favorecem a tração e a drenagem da água. Eles também são feitos de uma borracha mais macia e flexível, que se adapta melhor às variações de temperatura.

Esses são os elementos principais do código dos pneus para carros de passeio. Para outros tipos de veículos, como motos e bicicletas, o código pode ter alguns elementos diferentes ou adicionais, como o tipo de uso (on-road ou off-road), o sentido de rotação (R ou L), a câmara de ar (TT ou TL) e a estrutura reforçada (RF ou XL).

É importante saber interpretar o código dos pneus para escolher o modelo mais adequado para o seu veículo e para as suas necessidades. É essencial respeitar as especificações originais do fabricante do veículo, que estão indicadas no manual do proprietário ou em uma etiqueta colada na porta do motorista ou no porta-luvas. Isso garante a segurança, o conforto e a eficiência do seu veículo.

Análise Sobre Pneu Levorin ou Pirelli

Depois de aprender como ler o código dos pneus e o que cada número significa, vamos ver alguns modelos de pneus da Pirelli e da Levorin para diferentes categorias de veículos e suas características e preços. Para facilitar a comparação, vamos usar os mesmos critérios para cada categoria: a largura, a altura, o diâmetro, o índice de carga, o símbolo de velocidade e a marcação M+S.

Motos

As motos são veículos de duas rodas que são usados para transportar pessoas ou cargas em viagens urbanas ou rurais, em condições normais ou adversas de terreno e de clima. Eles exigem pneus que ofereçam aderência, estabilidade, frenagem e dirigibilidade.

Pirelli Diablo Rosso II

Pneu Pirelli Diablo Rosso II Sem Câmara 140/60 R17 H 63

D NQ NP 938177 MLA44679271412 012021 O

Com Tecnologia Epr (Enhanced Patch Technoçogy) Da Pirelli

Avaliações 4.9 ⭐⭐⭐⭐⭐

  • Frete Grátis
  • Envio FULL
  • Entrega Prime

Encontramos os melhores preços nas melhores lojas para você, escolha em qual loja prefere comprar.

Esse pneu é um pneu radial sem câmara (TL) que tem uma banda de rodagem assimétrica, com blocos externos maiores que os internos. Isso confere ao pneu uma maior aderência e estabilidade em curvas e em altas velocidades. Ele também tem sulcos longitudinais que favorecem a drenagem da água e a resistência à aquaplanagem. Ele é feito de uma borracha com sílica que reduz a resistência ao rolamento e o consumo de combustível.

Esse pneu é um pneu sport, ou seja, um pneu que é projetado para rodar principalmente em asfalto ou em pistas esportivas. Ele não tem a marcação M+S, que indica que ele não é adequado para rodar em condições adversas de terreno e de clima, como lama, neve, gelo e chuva. Ele também não tem a marcação 3PMSF, que indica que ele não atende aos requisitos mínimos de tração em neve.

Levorin Matrix Sport

Pneu Matrix Sport Levorin 130/70-17 Tl 68h

D NQ NP 2X 915041 MLB45451066629 042021 F

Durabilidade e confiabilidade Levorin

Avaliações 4.8 ⭐⭐⭐⭐⭐

  • Frete Grátis
  • Envio FULL
  • Entrega Prime

Encontramos os melhores preços nas melhores lojas para você, escolha em qual loja prefere comprar.

Esse pneu é um pneu radial sem câmara (TL) que tem uma banda de rodagem simétrica, com blocos iguais nos dois lados. Isso confere ao pneu uma maior durabilidade e um desgaste uniforme. Ele também tem sulcos longitudinais e transversais que favorecem a drenagem da água e a resistência à aquaplanagem. Ele é feito de uma borracha com sílica que reduz a resistência ao rolamento e o consumo de combustível.

Esse pneu é um pneu Sport, ou seja, um pneu que é projetado para rodar principalmente em asfalto ou em estradas pavimentadas. Ele não tem a marcação M+S, que indica que ele não é adequado para rodar em condições adversas de terreno e de clima, como lama, neve, gelo e chuva. Ele também não tem a marcação 3PMSF, que indica que ele não atende aos requisitos mínimos de tração em neve.

Comparando os dois modelos, podemos ver que o pneu da Pirelli tem uma largura maior (120 mm e 180 mm) do que o pneu da Levorin (110 mm e 140 mm). Isso significa que o pneu da Pirelli tem uma maior área de contato com o solo e uma maior aderência e estabilidade. Porém, isso também implica em um maior consumo de combustível e um maior ruído.

Outra diferença é que o pneu da Pirelli tem uma altura menor (70% e 55%) do que o pneu da Levorin (70% e 70%). Isso significa que o pneu da Pirelli tem uma menor altura em relação à largura e uma maior rigidez da sua estrutura. Isso pode melhorar o desempenho do pneu em curvas e em altas velocidades, mas também pode reduzir o conforto e a absorção de impactos.

Outra diferença é que o pneu da Pirelli tem um símbolo de velocidade maior (W) do que o pneu da Levorin (S). Isso significa que o pneu da Pirelli pode atingir uma velocidade máxima maior (270 km/h) do que o pneu da Levorin (180 km/h). Porém, isso pode não fazer muita diferença na prática, pois dificilmente uma moto vai atingir essas velocidades no Brasil.

Outra diferença é que o pneu da Pirelli é um pneu sport, enquanto o pneu da Levorin é um pneu street. Isso significa que o pneu da Pirelli é mais adequado para rodar em pistas esportivas ou em asfalto de alta qualidade, mas também tem um desgaste mais rápido e uma menor durabilidade. Já o pneu da Levorin é mais adequado para rodar em estradas pavimentadas ou em asfalto de baixa qualidade, mas também tem um desempenho mais mediano e uma maior durabilidade.

Por fim, outra diferença é o preço. O pneu da Pirelli é mais caro do que o pneu da Levorin. Isso se deve à maior qualidade e ao maior prestígio da marca italiana em relação à marca nacional. Porém, isso pode não compensar para alguns consumidores que buscam um pneu mais barato e mais econômico.

Portanto, podemos concluir que o melhor pneu para motos entre a Pirelli e a Levorin depende do tipo de uso que se faz do veículo e das preferências pessoais do consumidor. Se você busca um pneu mais seguro, mais rápido e mais esportivo, o pneu da Pirelli pode ser uma boa opção. Se você busca um pneu mais barato, mais durável e mais urbano, o pneu da Levorin pode ser uma boa opção.

Bicicletas

As bicicletas são veículos de duas rodas que são usados para transportar pessoas ou cargas em viagens urbanas ou rurais, em condições normais ou adversas de terreno e de clima. Eles exigem pneus que ofereçam aderência, estabilidade, frenagem e dirigibilidade.

Pirelli P Zero Race

Pneu Pirelli P Zero Race 4s 700x28c 120tpi

D NQ NP 621260 MLB71406040972 092023 O

Alta Perfomance

Avaliações 4.6 ⭐⭐⭐⭐⭐

  • Frete Grátis
  • Envio FULL
  • Entrega Prime

Encontramos os melhores preços nas melhores lojas para você, escolha em qual loja prefere comprar.

Esse pneu é um pneu radial sem câmara (TL) que tem uma banda de rodagem lisa, sem blocos ou sulcos. Isso confere ao pneu uma maior aderência e estabilidade em asfalto ou em pistas esportivas. Ele também tem uma camada interna que protege o pneu contra furos e cortes. Ele é feito de uma borracha com sílica que reduz a resistência ao rolamento e o consumo de energia.

Esse pneu é um pneu road, ou seja, um pneu que é projetado para rodar principalmente em asfalto ou em pistas esportivas. Ele não tem a marcação M+S, que indica que ele não é adequado para rodar em condições adversas de terreno e de clima, como lama, neve, gelo e chuva. Ele também não tem a marcação 3PMSF, que indica que ele não atende aos requisitos mínimos de tração em neve.

Levorin Praieiro

Par Pneu Bike Praieiro Levorin Aro 26x1.95

D NQ NP 2X 720022 MLU71822867576 092023 F

Versátil para o dia-a-dia

Avaliações 4.8 ⭐⭐⭐⭐⭐

  • Frete Grátis
  • Envio FULL
  • Entrega Prime

Encontramos os melhores preços nas melhores lojas para você, escolha em qual loja prefere comprar.

Esse pneu é um pneu radial com câmara (TT) que tem uma banda de rodagem com blocos e sulcos. Isso confere ao pneu uma maior aderência e estabilidade em asfalto ou em terra. Ele também tem uma camada interna que protege o pneu contra furos e cortes. Ele é feito de uma borracha com sílica que reduz a resistência ao rolamento e o consumo de energia.

Esse pneu é um pneu city, ou seja, um pneu que é projetado para rodar principalmente em asfalto ou em estradas pavimentadas. Ele não tem a marcação M+S, que indica que ele não é adequado para rodar em condições adversas de terreno e de clima, como lama, neve, gelo e chuva. Ele também não tem a marcação 3PMSF, que indica que ele não atende aos requisitos mínimos de tração em neve.

Comparando os dois modelos, podemos ver que o pneu da Pirelli tem uma largura menor (25 mm) do que o pneu da Levorin (35 mm). Isso significa que o pneu da Pirelli tem uma menor área de contato com o solo e uma maior velocidade e agilidade. Porém, isso também implica em um menor conforto e uma menor absorção de impactos.

Outra diferença é que o pneu da Pirelli tem uma banda de rodagem lisa, enquanto o pneu da Levorin tem uma banda de rodagem com blocos e sulcos. Isso implica que o pneu da Pirelli tem uma maior aderência e estabilidade em asfalto ou em pistas esportivas, mas também uma menor tração e frenagem em terra ou em condições adversas. Já o pneu da Levorin tem uma maior tração e frenagem em asfalto ou em terra, mas também uma menor velocidade e agilidade em asfalto ou em pistas esportivas.

Outra diferença é que o pneu da Pirelli é um pneu sem câmara (TL), enquanto o pneu da Levorin é um pneu com câmara (TT). Isso significa que o pneu da Pirelli não precisa de uma câmara de ar interna para manter a pressão do ar, mas também é mais difícil de reparar em caso de furo ou corte. Já o pneu da Levorin precisa de uma câmara de ar interna para manter a pressão do ar, mas também é mais fácil de reparar em caso de furo ou corte.

Outra diferença é que o pneu da Pirelli é um pneu road, enquanto o pneu da Levorin é um pneu city. Isso significa que o pneu da Pirelli é mais adequado para rodar em pistas esportivas ou em asfalto de alta qualidade, mas também tem um desgaste mais rápido e uma menor durabilidade. Já o pneu da Levorin é mais adequado para rodar em estradas pavimentadas ou em asfalto de baixa qualidade, mas também tem um desempenho mais mediano e uma maior durabilidade.

Por fim, outra diferença é o preço, o pneu da Pirelli é mais caro. Isso se deve à maior qualidade e ao maior prestígio da marca italiana em relação à marca nacional. Porém, isso pode não compensar para alguns consumidores que buscam um pneu mais barato e mais econômico.

Portanto, podemos concluir que o melhor pneu para bicicletas entre a Pirelli e a Levorin depende do tipo de uso que se faz do veículo e das preferências pessoais do consumidor. Se você busca um pneu mais seguro, mais rápido e mais esportivo, o pneu da Pirelli pode ser uma boa opção. Se você busca um pneu mais barato, mais durável e mais urbano, o pneu da Levorin pode ser uma boa opção.

Os Índices de Desempenho dos Pneus

Além de saber interpretar o código dos pneus e conhecer alguns modelos de pneus da Pirelli e da Levorin para diferentes categorias de veículos, é importante também saber avaliar os índices de desempenho dos pneus. Esses índices são indicadores que medem a qualidade e a eficiência dos pneus em relação a critérios como a aderência em pista molhada, a resistência ao rolamento, o ruído externo e a durabilidade.

Esses índices são definidos por normas internacionais e nacionais e devem estar presentes no selo do Inmetro, que é obrigatório para todos os pneus vendidos no Brasil. O selo do Inmetro tem três elementos principais: uma etiqueta com as classificações dos índices de desempenho dos pneus, um código QR com informações adicionais sobre os pneus e uma marca d’água com a logomarca do Inmetro.

Vamos ver como funciona cada um desses elementos:

Etiqueta com as Classificações dos Índices de Desempenho dos Pneus

A etiqueta com as classificações dos índices de desempenho dos pneus tem três barras coloridas que representam os três critérios principais: a aderência em pista molhada, a resistência ao rolamento e o ruído externo. Cada barra tem uma escala que vai de A (melhor) a G (pior) para os dois primeiros critérios e de 1 (melhor) a 3 (pior) para o terceiro critério. Quanto melhor for a classificação do pneu nesses critérios, mais seguro e econômico ele será.

Vamos ver o que significa cada um desses critérios:

  • A aderência em pista molhada mede a capacidade do pneu de frear em uma superfície molhada. Quanto maior for a aderência do pneu em pista molhada, menor será a distância de frenagem e menor será o risco de aquaplanagem. A diferença entre as classificações A e G pode chegar a 30% na distância de frenagem.
  • A resistência ao rolamento mede a força que o pneu exerce sobre o solo ao se movimentar. Quanto menor for a resistência ao rolamento do pneu, menor será o consumo de combustível e a emissão de gases poluentes. A diferença entre as classificações A e G pode chegar a 7,5% no consumo de combustível.
  • O ruído externo mede o nível de ruído que o pneu produz ao se movimentar. Quanto menor for o ruído externo do pneu, menor será a poluição sonora e maior será o conforto acústico. A diferença entre as classificações 1 e 3 pode chegar a 6 decibéis no nível de ruído.

Código QR com Informações Adicionais sobre os Pneus

O código QR com informações adicionais sobre os pneus é um código de barras bidimensional que pode ser lido por um aplicativo de celular ou por um leitor óptico. Esse código contém informações complementares sobre os pneus, como o nome do fabricante, o modelo do pneu, o código do pneu, a data de fabricação, a origem do pneu e a validade do selo do Inmetro.

Essas informações podem ser úteis para verificar a autenticidade e a procedência dos pneus, bem como para comparar os preços e as ofertas dos diferentes fornecedores.

Marca d’Água com a Logomarca do Inmetro

A marca d’água com a logomarca do Inmetro é uma imagem transparente que contém o símbolo do Inmetro e o número do registro do pneu. Essa imagem serve para garantir a segurança e a confiabilidade dos pneus, pois indica que eles foram testados e aprovados pelo Inmetro de acordo com as normas técnicas vigentes.

Essa imagem também serve para evitar fraudes e falsificações dos pneus, pois é difícil de ser reproduzida ou adulterada.

As Opiniões dos Consumidores que Já Usaram os Produtos das Duas Marcas

Além de saber avaliar os índices de desempenho dos pneus da Pirelli e da Levorin, é importante também saber consultar as opiniões dos consumidores que já usaram os produtos das duas marcas. Essas opiniões podem ser encontradas em sites especializados, em fóruns de discussão, em redes sociais ou em lojas virtuais.

Essas opiniões podem ser úteis para conhecer as vantagens e as desvantagens dos pneus da Pirelli e da Levorin na prática, bem como para tirar dúvidas e obter dicas de uso e manutenção dos pneus.

Porém, é preciso ter cuidado ao analisar essas opiniões, pois elas podem ser tendenciosas, parciais ou falsas. Por isso, é recomendável verificar a credibilidade e a veracidade das fontes, comparar diferentes opiniões sobre o mesmo produto e usar o bom senso e o senso crítico na hora de tomar uma decisão.

Dicas de Como Cuidar dos Pneus e Quando Trocá-los

Depois de escolher o melhor pneu para o seu veículo entre a Pirelli e a Levorin, é importante também saber como cuidar dos pneus e quando trocá-los. Esses cuidados são essenciais para garantir a segurança, o conforto e a eficiência do seu veículo, bem como para prolongar a vida útil dos seus pneus.

Vamos ver algumas dicas de como cuidar dos pneus e quando trocá-los:

  • Verifique a pressão dos pneus pelo menos uma vez por mês ou antes de viagens longas. A pressão correta dos pneus está indicada no manual do proprietário do veículo ou em uma etiqueta colada na porta do motorista ou no porta-luvas. A pressão deve ser medida com os pneus frios, ou seja, antes de rodar com o veículo ou depois de rodar por no máximo 3 km.
  • Calibre os pneus de acordo com a pressão recomendada pelo fabricante do veículo. Não calibre os pneus acima ou abaixo da pressão recomendada, pois isso pode comprometer a segurança e o desempenho do veículo. A pressão deve ser ajustada de acordo com o tipo de uso do veículo, o peso da carga transportada e as condições do terreno e do clima.
  • Alinhe e balanceie as rodas a cada 10 mil km ou sempre que sentir vibrações ou desvios na direção do veículo. O alinhamento e o balanceamento das rodas garantem que os pneus tenham um contato uniforme com o solo e que não haja desgaste irregular ou excessivo dos pneus.
  • Faça o rodízio dos pneus a cada 10 mil km ou conforme indicado pelo fabricante do veículo. O rodízio dos pneus consiste em trocar os pneus de posição entre as rodas dianteiras e traseiras do veículo. Isso evita que os pneus se desgastem mais de um lado do que do outro e que haja diferenças de desempenho entre os pneus.
  • Verifique o estado dos pneus periodicamente ou sempre que notar algum problema. Observe se há cortes, furos, bolhas, rachaduras ou objetos estranhos nos pneus. Se houver algum dano nos pneus, procure um profissional qualificado para repará-lo ou substituí-lo.
  • Troque os pneus quando eles atingirem o limite de desgaste da banda de rodagem. Esse limite é indicado pelos indicadores de desgaste (TWI), que são pequenas saliências na superfície dos sulcos dos pneus. Quando essas saliências ficarem no mesmo nível dos blocos da banda de rodagem, significa que os pneus estão desgastados e devem ser trocados. O limite de desgaste da banda de rodagem é de 1,6 mm de profundidade dos sulcos.
  • Troque os pneus por modelos iguais ou equivalentes aos originais do veículo. Não misture pneus de marcas, modelos, dimensões ou características diferentes no mesmo veículo, pois isso pode comprometer a segurança e o desempenho do veículo. Se for necessário trocar apenas um ou dois pneus, coloque os pneus novos nas rodas traseiras e os pneus usados nas rodas dianteiras.
  • Descarte os pneus usados de forma adequada e responsável. Não jogue os pneus usados no lixo comum, na natureza ou em locais impróprios, pois isso pode causar danos ao meio ambiente e à saúde pública. Procure um ponto de coleta autorizado ou uma empresa especializada em reciclagem de pneus para descartar os pneus usados.

Conclusão

Neste artigo, você aprendeu como escolher o melhor pneu para o seu veículo entre a Pirelli e a Levorin. Você viu como interpretar o código dos pneus e o que cada número significa, como avaliar os índices de desempenho dos pneus, como consultar as opiniões dos consumidores que já usaram os produtos das duas marcas, como cuidar dos pneus e quando trocá-los e alguns modelos de pneus da Pirelli e da Levorin para diferentes categorias de veículos e suas características e preços.

Você viu que não há uma resposta única para a questão de qual é o melhor pneu entre a Pirelli e a Levorin, pois isso depende do tipo de uso que se faz do veículo e das preferências pessoais do consumidor. Você viu que a Pirelli é uma marca italiana que se destaca pela sua qualidade, prestígio e inovação, mas também pelos seus preços mais altos. Você viu que a Levorin é uma marca nacional que se destaca pelo seu custo-benefício, qualidade e tradição, mas também pelos seus preços mais baixos.

Você viu que ambos têm vantagens e desvantagens em relação aos seus produtos e que cabe a você decidir qual é o mais adequado para o seu veículo e para as suas necessidades. Esperamos que este artigo tenha sido útil para você e que você possa fazer uma boa escolha na hora de comprar os seus pneus.

Obrigado pela sua atenção e até a próxima! ?

Veja outros artigos parecidos com Pneu Levorin ou Pirelli: Qual o Melhor para o Seu Veículo? veja todos os conteúdos da nossa categoria Pneu.

Autocar

Veja também