Lamborghini Urus se tornará exclusivamente híbrido a partir de 2024, abandonando o V8 puro.

Continua após a publicidade..

Já sabíamos há algum tempo que o Lamborghini Urus receberia uma variante híbrida plug-in, com lançamento previsto para 2024. No entanto, o SUV que já é visto com maus olhos pelos puristas, cometerá mais uma "heresia", pois será oferecido somente como um modelo eletrificado em breve.

Conteúdo deste artigo

A nova direção da Lamborghini

O CEO da Lamborghini, Stephan Winkelmann, disse à Autocar que a versão PHEV do SUV de alto desempenho da marca italiana substituirá as versões atuais do modelo no final de 2024. O Urus eletrificado então será oferecido até o final da década, quando um modelo de segunda geração, totalmente elétrico, deverá ser lançado.

Expansão da linha de híbridos plug-in

O SUV híbrido plug-in será o segundo PHEV da Lamborghini depois do Revuelto e haverá um terceiro modelo nesta configuração a ser revelado no próximo ano, quando o substituto do Huracan for confirmado. Quanto ao motivo pelo qual a exótica marca italiana está aderindo ao movimento dos híbridos, ela não está imune às regulamentações de emissões cada vez mais rigorosas.

Continua após a publicidade..

Desafios das emissões e a adoção de híbridos

O chefe da Lamborghini menciona que é "incrivelmente caro" fazer com que os motores a combustão de alta cilindrada atendam ao mais recente padrão Euro 6. Além disso, será um fardo ainda maior quando o Euro 7 entrar em vigor em meados de 2025. A única boa notícia é que o Urus híbrido plug-in usará como base o motor V8 trabalhando em conjunto ao sistema elétrico. Melhor que outros produtos do Grupo VW, que estão recorrendo a propulsores V6.

O futuro dos motores a combustão

O chefe da Lamborghini acredita que os motores puramente a combustão interna não têm um futuro muito longo, especialmente na União Europeia. Ele projeta que, mesmo que as vendas de carros novos com motores a combustão não sejam proibidas por lei em 2035, os impostos serão tão altos que as pessoas mudarão para veículos elétricos. Winkelmann acrescentou que os combustíveis sintéticos poderiam ser uma solução apenas para manter os veículos existentes vivos, dizendo indiretamente que o futuro da produção de carros será exclusivamente focada em veículos elétricos movidos a bateria.

O futuro da Lamborghini

A Lamborghini deve apresentar um modelo GT de 4 lugares (2+2) em 2028, sendo o primeiro modelo da marca a eliminar totalmente o motor a combustão. Winkelmann sugeriu que, assim que a tecnologia 100% elétrica da marca estiver pronta, ela será exibida em um carro-conceito para antecipar o modelo de produção.

Continua após a publicidade..

Veja outros artigos parecidos com Lamborghini Urus se tornará exclusivamente híbrido a partir de 2024, abandonando o V8 puro. veja todos os conteúdos da nossa categoria Lamborghini.

AutoCar