Nissan Sentra passa por alterações surpreendentes poucos meses após o lançamento

Continua após a publicidade..

O Nissan Sentra 2024 foi lançado esta semana nos Estados Unidos, com um design renovado e mais recursos tecnológicos. No entanto, no Brasil, o modelo que está nas concessionárias é o da geração anterior, que foi apresentado em março deste ano como sendo a novidade. Ou seja, estamos com um atraso de pelo menos dois anos em relação ao mercado internacional, já que o sedan foi atualizado na maioria dos países em 2021.

Conteúdo deste artigo

O que mudou no Nissan Sentra 2024?

O sedan da Nissan ganhou um estilo mais moderno e sofisticado, com destaque para a grade dianteira ampliada e os faróis mais afilados, que se prolongam até as laterais do carro. As lanternas traseiras também foram reformuladas e agora contam com iluminação em LED em todas as versões.

O motor continua sendo o mesmo 2.0 aspirado de ciclo Atkinson, mas o câmbio automático do tipo CVT recebeu oito marchas simuladas, que prometem uma condução mais suave. Além disso, o carro também passou a contar com o sistema start-stop, que desliga o motor em paradas para economizar combustível.

Continua após a publicidade..

No quesito tecnologia, o Nissan Sentra 2024 vem equipado com um sistema de infoentretenimento de última geração, que inclui uma tela sensível ao toque de 8 polegadas, compatível com Apple CarPlay e Android Auto em todas as versões. O carro também oferece um sistema de som Bose com oito alto-falantes, que conta com o sistema de som Bose Ultra Nearfield.

Nos Estados Unidos, o sedan também dispõe de vários recursos avançados de segurança no pacote Safety Shield 360 de série. O pacote inclui monitoramento de pontos cegos, frenagem automática de emergência com detecção de pedestres, frenagem automática em marcha à ré, alerta de tráfego cruzado traseiro, alerta de saída de faixa, assistente de farol alto e frenagem automática em manobras de ré, entre outros.

Quando o Nissan Sentra 2024 chegará ao Brasil?

Se a geração atual demorou quase três anos para chegar ao país, a expectativa é que o modelo lançado nos EUA demore menos para ser comercializado no Brasil. Embora a fabricante queira aproveitar o estoque atual, é provável que ela importe o sedan do México em breve.

Continua após a publicidade..

Isso porque o Sentra é produzido no México tanto para os Estados Unidos quanto para o Brasil. Isso significa que se o modelo tiver uma boa aceitação naquele mercado, ele poderá ser expandido para outros países. Além disso, a Nissan precisa de novidades para competir com outros sedans do segmento, principalmente o Toyota Yaris e Corolla.

Veja outros artigos parecidos com Nissan Sentra passa por alterações surpreendentes poucos meses após o lançamento veja todos os conteúdos da nossa categoria Nissan.

AutoCar

Veja também